• Adicione tópicos

TJMT passa a emitir certidões cíveis e criminais pela internet e gratuitamente

Alexandre Atheniense, Advogado
há 5 anos

A partir desta segunda-feira (2 de maio) qualquer cidadão do Estado de Mato Grosso pode emitir, pela internet e sem custo, certidões negativas cíveis e criminais, para a defesa de direito ou esclarecimento de situação pessoal. A data foi marcada por uma cerimônia realizada nesta manhã, no Fórum Desembargador José Vidal (Comarca de Cuiabá), com a participação de magistrados, advogados, representantes do Ministério Público e da Defensoria Pública. O interessado pode emitir a certidão acessando o ícone Certidão Negativa, disponível no Portal do Judiciário Estadual, no endereço www.tjmt.jus.br. Um item de segurança permite confirmar a autenticidade da certidão.

O diretor do Fórum da Comarca de Cuiabá, Adilson Polegato de Freitas, afirmou que a Capital responde por 20% do movimento judiciário do Estado. “Emitíamos cerca 200 certidões em papel todos os dias, quase seis mil mensais. Esse serviço facilitará a vida do cidadão, que não precisará se deslocar para vir ao Fórum”, pontuou.

Dois computadores e uma impressora permanecerão à disposição dos usuários por uma semana no Fórum da Capital para divulgar o sistema, que é de fácil acesso e manuseio.

A estimativa é de que a utilização do sistema na internet reduza, inicialmente, em 50% a demanda física. Outro benefício é que cada usuário terá economia no momento da impressão, pois o sistema utilizará como fonte da letra da certidão a ‘ecofont vera sans’, que reduzirá em 25% a 30% o gasto do cartucho com tonner/jato de tinta para imprimir o documento.

Alexandre Atheniense, Advogado
advogado, professor, perito, blogueiro na área de Direito Digital
Advogado especialista em Direito Digital. Sócio de Sette Câmara Correa e Bastos Advogados. Coordenador da Pós Graduação em Direito de Tecnologia da Informação na ESA OAB-SP. Conselheiro Fiscal da Sucesu Minas. Membro do Internet Society. Perito especializado na área de Direito Digital

0 Comentário

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)